MENESTREL IALMAR PIO SCHNEIDER


08/07/2014


 TELA de Glaucia Scherer 


SONETO

 

Ialmar Pio Schneider

 

                            A noite ainda esconde os seus mistérios,

                            é tempo de chorar pelos fracassos...

                            As estrelas nos páramos sidéreos,

                            indiferentes, seguem os meus passos.

 

                            Quisera tanto agora teus abraços

                            e receber assim sonhos etéreos,

                            que devem existir pelos espaços

                            para poetas que nem eu, aéreos !...

 

                            Vem, ó Musa, consola o teu eleito,

                            nestas horas noturnas de ansiedade

                            em que sinto um delírio no meu peito !

 

                            Antes que surja o sol à minha porta,

                            aparece, matando-me a saudade,

                            e a me provar que não estejas morta !...

 

                            - 22.03.97

 


Escrito por IALMAR PIO às 15h38
[ ] [ envie esta mensagem ]

02/07/2014


SONETO de IALMAR PIO - AQUARELA de ÂNGELA PONSI

 

Aquarela de Ângela Ponsi

S O N E T O                           

 

                                               Ialmar Pio Schneider              

 

                            Um dia por acaso me sorriste

                            e te fiz minha musa desde então;

                            até que floresceu esta paixão

                            e eu fui ficando cada vez mais triste.

 

                                      Não interessa o que passou... existe

                                      o mundo à nossa espera e viverão

                                      os meus versos em forma de canção...

                                      amenizando a mágoa que me abriste!

 

                            Aceita-me em teu reino e que a poesia

                            se eternize falando em nossos nomes

                            para a glória final do grande dia;

 

                                      vês... que se minha musa já te fiz,

                                      tudo dependerá de ti... e os nomes

                                      hão de ficar unindo um par feliz...

 

 Apaixonado

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 21h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

27/06/2014


SONETO a CANOAS - 75 anos

 

FUNDAÇÃO CULTURAL DE CANOAS - RS

 

SONETO A CANOAS

___________________________

Ialmar Pio Schneider

___________________________

                                      Altaneira cidade do progresso

                                      rumo ao destino imenso te projetas;

                                      das indústrias, fenomenal complexo,

                                      exemplo de trabalho em tuas metas !

 

                                      E irás rompendo curvas pelas retas

                                      do amanhã promissor e do sucesso,

                                      a fim de proclamarem os poetas

                                      que em teu avanço não terás regresso...

 

                                      Jovem ainda, contas com o vigor

                                      de teus filhos natos e adotivos,

                                      cada qual dedicado ao seu labor

 

                                      para te verem mais engrandecida

                                      em teus empreendimentos e atrativos;

                                      e onde transcorra normalmente a vida.

_______________________________________________________________________

                   Publicado na Pág. 22 de O TIMONEIRO - 25.6.82 de CANOAS (RS)

***

Junho, 27 - O Decreto nº 7839 cria o Município de Canoas - RS, em 1939. -  Pequena História de Canoas de João Palma da Silva.

Legal

 

Escrito por IALMAR PIO às 00h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

26/06/2014


TROVAS de IALMAR PIO - AQUARELA de ÃNGELA PONSI

 

Aquarela de Ângela Ponsi

TROVAS - BRISA

Quando cansado, à tardinha,

meu corpo exausto descansa,

vem a brisa e me acarinha,

enchendo-me de esperança...

          A brisa sempre é bem-vinda

          nestas tardes de calor,

          quando apareces tão linda

          para preencher meu amor !

Olhavas triste, indecisa,

no meio da rua, quando

sentes o abraço da brisa

que vai assim te afagando...

Porto Alegre - RS

Ialmar Pio Schneider

 Apaixonado

 


[Cristalina]
Gostei muito de seu blog...é um prazer ler seus poemas... Um Feliz Ano Novo para voce e os seus! Beijocas

28/12/2009 15:42

Escrito por IALMAR PIO às 01h27
[ ] [ envie esta mensagem ]

25/06/2014



 

Dia do Imigrante - 25 de junho - Soneto de Ialmar Pio Schneider - Imagem: igreja na Internet

 

 

Igreja de São Leopoldo - RS

 

Soneto à cidade de São Leopoldo

Soneto pelo aniversário do município em 22 de fevereiro de 2010

Bem sei que ali chegaram os Schneider,
que vieram da Alemanha para amar
um magno Novo-Mundo a desvendar,
onde encontrassem a prosperidade...

Trouxeram seu amor e na saudade
ficou a Velha Pátria de Além-Mar
e todos construíram novo lar
aqui no solo da felicidade...

Tenhamos para sempre em nossa vida,
juntamente com os outros imigrantes,
a doce paz que invade os corações.

A todos a coragem na subida
que leva aos píncaros mais inebriantes,
e vencendo, cultuar as tradições !...

Capão da Canoa, em 22 de fevereiro de 2010
Ialmar Pio Schneider

 

Escrito por IALMAR PIO às 10h01
(3) Vários Comentários] [ envie esta mensagem ]

 

 [luizaSoaresBenicio de Moraes][luizabeniciomoraes@yahoo.com.br] 
Seu blog é muito bonito e convidativo!

28/06/2011 21:00

[luizaSoaresBenicio de Moraes][luizabenicciomoraes@yahoo.com.br] 
Que bom sair de seu torrão natal e abrançando outra cidade, encontrar a alegria, a amizade, a felicidade adotando novo estado, novo país, novos amigos, e encontrando a]felicidade desejada! 

28/06/2011 20:55

[luizaSoaresBenicio de Moraes][luizabenicciomoraes@yahoo.com.br] 
Que bom sair de seu torrão natal e abrançando outra cidade, encontrar a alegria, a amizade, a felicidade adotando novo estado, novo país, novos amigos, e encontrando a]felicidade desejada! 

28/06/2011 20:5


Escrito por IALMAR PIO às 00h46
[ ] [ envie esta mensagem ]

22/06/2014


SONETO

 

Ialmar Pio Schneider

 

                            A noite ainda esconde os seus mistérios,

                            é tempo de chorar pelos fracassos...

                            As estrelas nos páramos sidéreos,

                            indiferentes, seguem os meus passos.

 

                            Quisera tanto agora teus abraços

                            e receber assim sonhos etéreos,

                            que devem existir pelos espaços

                            para poetas que nem eu, aéreos !...

 

                            Vem, ó Musa, consola o teu eleito,

                            nestas horas noturnas de ansiedade

                            em que sinto um delírio no meu peito !

 

                            Antes que surja o sol à minha porta,

                            aparece, matando-me a saudade,

                            e a me provar que não estejas morta !...

 

                            - 22.03.97


Escrito por IALMAR PIO às 19h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

13/06/2014


Dia de Santo Antônio - 13 de junho - Imagem da Internet 

 

Santo Antônio de Pádua

SONETO A SANTO ANTÔNIIO II - em 13.6.2011 - Porto Alegre - RS . - 

É dia de Santo Antônio,
o santinho milagroso,
que alegra quem é tristonho
com seu gesto poderoso...

Realiza qualquer sonho,
num momento esplendoroso,
e abençoa o matrimônio,
seja jovem, seja idoso.

Pra que vivamos felizes,
pedimos que nos acuda
em toda nossa existência.

Assim teremos raízes,
e com sua forte ajuda,
uma linda convivência...

IALMAR PIO SCHNEIDER

Legal

 

Escrito por IALMAR PIO às 01h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

05/06/2014



Dia da Ecologia - Brasil e Dia Mundial do Meio Ambiente. -

 

TROVA de IALMAR PIO

 

PROGRESSO

O progresso é necessário

ao bem-estar do País,

mas que não faça o contrário

tornando o ser infeliz.

Ialmar Pio Schneider

Obs.: Trova premiada em concurso do município de São José do Ouro - RS,

organizado pelo trovador e delegado da UBT daquela cidade, Dr. Lacy José

Raymundi, em 22 de agosto de 1984.

Legal

*

Escrito por IALMAR PIO às 15h44
[ ] [ envie esta mensagem ]

17/05/2014


[maykira] [http://mtkmello.blog.uol.com.br/] 
Lindos poemas para pensar! Parabéns e beijosssss no seu ♥, Maykira PS: seu blog está indicado no meu :>)))

19/05/2011 20:34

Escrito por IALMAR PIO às 14h17
[ ] [ envie esta mensagem ]

11/05/2014


 

Tela de Glaucia Scherer - N. Sra. de Schoenestatt 

 

                            SONETO PARA A M Ã E

 

                                               Ialmar Pio Schneider

 

                   Mãe!... Palavra sublime, amor inexprimível,

                   que a gente pronuncia em ritmo de oração...

                   É tão cálido o afeto e quase que impossível

                   externá-lo, pois vive em nosso coração !

 

                   Se alguma coisa existe, além do que é infalível,

                   e seja só no mundo e morra em solidão;

                   creia-me, não verá jamais tão acessível,

                   de quem nos deu a vida, aceitar a afeição !...

 

                   Ela é generosa e sem maldade alguma...

                   Seus filhos são a maior riqueza que possui,

                   seu aconchego tem toda a maciez da pluma...

 

                   Porém, nunca haverá poeta, cujo verso

                   descreva o amor de mãe, pois tudo se dilui

                   ao saber que ela é a dona do Universo!

 

         Publicado no jornal “PANORAMA PRADENSE”  de Antônio Prado (RS)

         em maio de 1978 - n. 45

_________________________________________________________________________

 

http://ial123.blog.terra.com.br/

 

http://ialmar.pio.schneider.zip.net/

 

EM 21.05.2009

Em 08.05.2010

http://ialmarpioschneider.blogspot.com/

em 13.5.2011

 

Escrito por IALMAR PIO às 02h43
[ ] [ envie esta mensagem ]

08/05/2014


TROVA de IALMAR PIO - AQUARELA de ÂNGELA PONSI

 

 

TROVA ILUSTRADA - trova - Ialmar - ilustração - Ângela

 

Outra trova:

Roubei-lhe um beijo, ao passar

ao leu lado, sorridente;

e lembrando seu olhar,

de noite, dormi contente...

IALMAR PIO

 

Apaixonado

 

Escrito por IALMAR PIO às 14h45
[ ] [ envie esta mensagem ]

05/05/2014


SONETO de IALMAR PIO - IMAGEM - Foto na INTERNET

 

 

 

 

 

SONETO - em 20.06.2010 - Porto Alegre - RS

Hoje não fiz poesia, apenas li
alguns poemas de Mário Quintana.
Mas, o que faço agora, se escrevi
estas linhas, pensando na cigana

que leu a minha mão e soberana,
na sua ciência, que nunca entendi,
me confirmou que não seria insana
a história que ora vivo e que vivi?!

Penso, então, que não tinha que saber
estes desígnios de minha existência,
se fosse só para depois sofrer...

Fora sensato andar pelos caminhos,
ouvindo a voz silente da consciência,
que sempre faz-se ouvir pelos sozinhos...

IALMAR PIO SCHNEIDER

 

 

 

 

Legal

 

 

Data de falecimento do poeta Mario Quintana em 5.5.1994 -

- Homenagem póstuma - há 20 anos

Lindíssimo soneto. Parabéns! Uma justa e merecida homenagem ao Quintana. Beijo com carinho da amiga, Lari = RoZinha.
Larissa | lguedes2010@bol.com.br |  17/05/2011 14:52

Escrito por IALMAR PIO às 02h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

04/05/2014


POEMA de IALMAR PIO - IMAGEM da INTERNET

 

 

 

POEMA A PAULO SETÚBAL – In Memoriam – Data do falecimento

do escritor em 4.5.1937.

 

Ialmar Pio Schneider

 

Paulo Setúbal foi poeta nobre...

“Alma Cabocla” tem nobreza e encanto;

e quanto mais se lê, mais se descobre,

toda beleza, longe de ser pobre,

da romântica verve do seu canto.

 

Se desde muito tempo, o venho lendo,

nunca posso esquecer suas poesias,

pois eu também dessas paixões entendo,

porque no meu viver fui compreendendo

que existem emoções e fantasias...

 

Este simples poema que ora escrevo,

surgiu-me num momento de esplendor,

parafraseando versos seus, me atrevo,

como um “Último Verso” de relevo

“numa roseira que não dá mais flor...”

 

 

Porto Alegre – RS, 4 de maio de 2011-05-04

às 10 h. olhando o Rio Guaíba sob a neblina matinal.

 

 Legal

 

Escrito por IALMAR PIO às 13h01
[ ] [ envie esta mensagem ]

30/04/2014


 

TROVA PREMIADA NOS IV JOGOS FLORAIS DE CAXIAS DO SUL - RS - MENÇÃO ESPECIAL 


Quantas serestas, meu Deus,

eu já fiz, na mocidade;

revivei, amores meus,

quero morrer de saudade!

IALMAR PIO SCHNEIDER

 

Porto Alegre RS



Escrito por IALMAR PIO às 23h04
[ ] [ envie esta mensagem ]

[Cláudio Cunha] [claudiostos@oi.com.br][www.oestrambolico.wordpress.com] 
Navegando por aí, vim parar aqui. Adorei o conteúdo. Não tenho como deixar de parabeniza-lo pelos poemas, trovas e tudo o mais, tão inspirado. Abraço. 

23/04/2012 12:15

[Julia Lins] 
è lindo este poema. Parabéns meu amigo !!! beijo no seu ♥ com carinho Julia*Mulekinha

 

Escrito por IALMAR PIO às 22h59
[ ] [ envie esta mensagem ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, TRISTEZA, Homem

Histórico