MENESTREL IALMAR PIO SCHNEIDER


29/06/2013


SONETO de IALMAR PIO - IMAGEM da Internet

 

S O N E T O

 

                                                     Ialmar Pio Schneider

 

    Aquela noite que eu sonhei contigo

    não foi tão triste como as outras mais.

    Aquele sonho belo eu não maldigo,

    naquelas horas eu te amei demais.

 

             Sonhei imensamente e não consigo

             esquecer teus abraços irreais.

             O destino era então o meu amigo

             e tu, meus devaneios ideais...

 

    Hoje, volto pra o quarto novamente,

    sem vontade de me atirar ao leito

    que me espera num único convite.

 

             Por fim, meu corpo pálido consente

             e na esperança de sonhar-te deito,

             ouvindo os pios que a coruja emite!...

 

Apaixonado

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 02h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

26/06/2013


TROVAS de IALMAR PIO - AQUARELA de ÃNGELA PONSI

 

Aquarela de Ângela Ponsi

TROVAS - BRISA

Quando cansado, à tardinha,

meu corpo exausto descansa,

vem a brisa e me acarinha,

enchendo-me de esperança...

          A brisa sempre é bem-vinda

          nestas tardes de calor,

          quando apareces tão linda

          para preencher meu amor !

Olhavas triste, indecisa,

no meio da rua, quando

sentes o abraço da brisa

que vai assim te afagando...

Porto Alegre - RS

Ialmar Pio Schneider

 Apaixonado

 


[Cristalina]
Gostei muito de seu blog...é um prazer ler seus poemas... Um Feliz Ano Novo para voce e os seus! Beijocas

28/12/2009 15:42

 

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 15h11
[ (0) Comente] [

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 17h35
[ (0) Comente]

Escrito por IALMAR PIO às 13h39
[ ] [ envie esta mensagem ]

25/06/2013


Dia do Imigrante - 25 de junho - Soneto de Ialmar Pio Schneider - Imagem: igreja na Internet

 

 

Igreja de São Leopoldo - RS

 

Soneto à cidade de São Leopoldo

Soneto pelo aniversário do município em 22 de fevereiro de 2010

Bem sei que ali chegaram os Schneider,
que vieram da Alemanha para amar
um magno Novo-Mundo a desvendar,
onde encontrassem a prosperidade...

Trouxeram seu amor e na saudade
ficou a Velha Pátria de Além-Mar
e todos construíram novo lar
aqui no solo da felicidade...

Tenhamos para sempre em nossa vida,
juntamente com os outros imigrantes,
a doce paz que invade os corações.

A todos a coragem na subida
que leva aos píncaros mais inebriantes,
e vencendo, cultuar as tradições !...

Capão da Canoa, em 22 de fevereiro de 2010
Ialmar Pio Schneider

 

Escrito por IALMAR PIO às 10h01
[ (3) Vários Comentários] [ envie esta mensagem ]

  [luizaSoaresBenicio de Moraes] [luizabeniciomoraes@yahoo.com.br]
Seu blog é muito bonito e convidativo!

28/06/2011 21:00

[luizaSoaresBenicio de Moraes] [luizabenicciomoraes@yahoo.com.br]
Que bom sair de seu torrão natal e abrançando outra cidade, encontrar a alegria, a amizade, a felicidade adotando novo estado, novo país, novos amigos, e encontrando a]felicidade desejada!

28/06/2011 20:55

[luizaSoaresBenicio de Moraes] [luizabenicciomoraes@yahoo.com.br]
Que bom sair de seu torrão natal e abrançando outra cidade, encontrar a alegria, a amizade, a felicidade adotando novo estado, novo país, novos amigos, e encontrando a]felicidade desejada!

28/06/2011 20:54

Escrito por IALMAR PIO às 01h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

24/06/2013


POEMA de IALMAR PIO - AQUARELA de ÂNGELA PONSI

 

Aquarela de Ângela Ponsi

POEMETO LÍRICO

 

         Ialmar Pio Schneider

 

                                               Antes não tivesse visto

                                               teus olhos, o corpo e a boca,

                                               se fosse pra sofrer isto

                                               que somente me dás, louca !

 

                                               Se te vejo, se me vês;

                                               nem sei que pensas por mim,

                                               embora nada me dês

                                               não quero que chegue o fim...

 

                                               Sonhas, talvez, com alguém

                                               nesse teu mundo encantado...

                                               mesmo que eu sofra também,

                                               és o meu ser esperado.

 

                                               Poderás andar sozinha

                                               como no céu anda a lua;

                                               em meu pensamento és minha:

                                               sonho que se perpetua.

 

                                               Nada poderá romper

                                               as correntes deste amor.

                                               E quem sabe o amanhecer

                                               há de ser mais promissor !

 

                            Pág. 16 - O TIMONEIRO - CANOAS, 24-5-85

_______________________________________________________________________

 

Apaixonado

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 15h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

[maykira] [http://mtkmello.blog.uol.com.br/]
Lindos poemas para pensar! Parabéns e beijosssss no seu ♥, Maykira PS: seu blog está indicado no meu :>)))

19/05/2011 20:34

Escrito por IALMAR PIO às 15h36
[ ] [ envie esta mensagem ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, TRISTEZA, Homem

Histórico