MENESTREL IALMAR PIO SCHNEIDER


05/10/2013


SONETO de IALMAR - AQUARELA de ÂNGELA

 

 

Aquarela de Ângela Ponsi - Themis

 

S o n e t o    d e    S o n h a d o r

 

Ialmar Pio Schneider

 

 

                                      Já não me encontro só nem desgraçado

                                      pois te levo total em meu olhar;

                                      nem poderei viver sem teu agrado

                                      enquanto não consiga te olvidar.

 

                                               Quando às vezes passeio pelo prado,

                                               a natureza em flor a contemplar,

                                               parece que tu segues ao meu lado

                                               e os dois formamos um ditoso par.

 

                                      Eu prossigo sonhando à luz do dia,

                                      que estás presente em todos os momentos,

                                      na tarde calorosa ou noite fria,

 

                                               e também de manhã andando a esmo;

                                               porque vencendo obstáculos violentos

                                               sinto que fazes parte de mim mesmo.

 

                            Canoas, 15 de dezembro de 1983 - R A D A R - Pág. 7

_______________________________________________________________________

Apaixonado

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 01h53
[ (1) Apenas 1 comentário]


[taciana] [tacianagouveia2011@live.com] [blog]
lindo, lindo um encanto, parabéns.

07/06/2011 17:35

 

 

Escrito por IALMAR PIO às 00h47
[ ] [ envie esta mensagem ]

03/10/2013


Falecimento de São Francisco de Assis em 3 de outubro de 1226

 

04/10/2011


TROVAS de IALMAR PIO - IMAGEM da INTERNET

 

   

TROVAS

***

Se a Humanidade soubesse
tudo o que a poesia encerra,
certamente não houvesse
tanta desgraça na Terra...

***

Quisera trovas suaves
para um mundo mais feliz
e conversar com as aves
qual São Francisco de Assis !

***

Imagem de São Francisco de Assis na capa do livro Rio Grande Trovador

de 1982, do qual participei.

***

 

Escrito por IALMAR PIO às 00h26
[ ] [ envie esta mensagem ]

02/10/2013


quarta-feira, 2 de outubro de 2013


Foto de Ialmar Pio Schneider quando da conclusão do Curso Primário na Escola Pio X, das freiras, de Sertão, na época distrito do município de Passo Fundo - RS, aos 12 anos em 1954.





M E N S A G E M    A O    P O E T A



Ialmar Pio Schneider



Vai em frente, segue a estrada

sem muito esperar da glória;

vida simples, devotada...

Se alguém ouvir tua estória,

nostálgica e merencória,

canta sempre, até por nada !...



Faze como o passarinho

que saúda a natureza,

enquanto busca um raminho,

com afã e singeleza,

p’ra construir o seu ninho:

- maior prova de beleza.



Sejam teus versos cantigas

que a gente escuta na rua;

pobres canções, mas amigas

como as estrelas e a lua;

pois a terra será tua,

longe de dor e fadigas...



Não temas crítica austera

e nem te afastes do tema,

sempre alcança quem espera...

Prosseguir ! seja o teu lema

e verás a primavera

cingir-te com seu diadema !...


Escrito por IALMAR PIO às 14h01
[ ] [ envie esta mensagem ]

SONETO de IALMAR - AQUARELA de ÂNGELA

Aquarela de Ângela Ponsi

FADA SEM JUÍZO

 

Ialmar Pio Schneider

 

                            Nem tive tempo de pensar se havia

                            alguma coisa em ti que me tocasse,

                            apenas enxerguei em tua face

                            uns leves traços de melancolia....

 

                            Foste qual uma aparição que nasce

                            num momento de tênue fantasia;

                            agora já não sei o que faria

                            para que nosso encontro continuasse !

 

                            E não voltaste mais... só na lembrança

                            de vez em quando surges sem aviso

                            trazendo-me resquícios de esperança.

 

                            Então procuro te agarrar, mas voas

                            rumo ao teu reino, Fada sem Juízo,

                            sem que de minha mágoa te condoas...

 

                   Pág. 18 - O TIMONEIRO - CANOAS, 18-4-86

_______________________________________________________________________

 

 

Apaixonado

 

 


[conceição] [conceicaoassis@mastercabo,com.br]
Prezado Ialmar, embora muito me agrade suas msgs, escrevi "agrade" ao invés de "agradeço". Saudações. Conceição

19/09/2009 16:23

[Conceição] [conceicaoassis@mastercabo.com.br] [www.conceicaoassis.com.br]
Agrade primeiramente as lindas msgs que você me envia. Lindo o soneto e a pintura da Fada. Vocês ajudam a colocar mais cor nas nossas vidas. Grata. Parabéns. Um abraço. Conceição

19/09/2009 16:19

[Sonia Madalena] [angicor@terra.com.br]
Amigo Ialmar. Voce é muito especial. Seus poemas retrata muita sinceridade. Muito especiais e sugestivas as pinturas da Angela. Parabens aos dois. Com carinho Sonia Madalena

18/09/2009 23:11

 

Escrito por IALMAR PIO às 01h06
[ ] [ envie esta mensagem ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sul, PORTO ALEGRE, TRISTEZA, Homem

Histórico